Mulher flagra papo de marido com outra no WhatsApp e imprime em panfletos

Uma mulher que flagrou a conversa do marido com outra pelo WhatsApp ficou tão irritada que imprimiu o diálogo em panfletos e distribuiu pela cidade de Apucarana, no Paraná. O caso acabou indo parar na polícia.

A esposa ficou bastante chateada ao ver outra mulher “dando em cima” do esposo pelo app, printou a conversa e resolveu fazer os panfletos com o título “Procura-se um marido”, segundo José Aparecido Jacovós, delegado da 17ª Subdivisão Policial (SDP).

Na conversa, o homem diz que é casado. “Mas você sabe que tenho mulher né? Que é embaçado e tals”. A mulher não parece ligar. “Eu não sou solteira também né. Tipo namoro já tem tempo. 5 anos e meio… Eu só não casei ainda porque não tenho condições de me sustentar e tals. E eu não to pedindo para você largar da sua mulher… Só é pra gente se divertir um pouquinho”, escreve.

Ela tratou de distribuir os panfletos em frente ao emprego da rival, que não gostou nada do que aconteceu e, com um dos papéis em mãos, foi até a delegacia prestar queixa por difamação. “A mulher queria difamar a concorrente. Essas pessoas acham que a polícia tem a obrigação de resolver esse tipo de situação. Encaminhamos esse caso para o Juizado Especial Criminal. Virou uma verdadeira lavação de roupa suja”, reclama o delegado, em entrevista ao Extra.

O delegado critica o fato das pessoas estarem acionando a polícia para resolver situações de menor potencial ofensivo. “A cidade tem 130 mil habitantes. Temos muito o que fazer aqui. As pessoas expõem conversas, mandam nudes e depois chamam a polícia para resolver”.

A esposa vai responder a um termo circunstaciado de infração penal e será convocada para uma audiência judicial. “Isso na parte criminal. Na cível, a parte prejudicada pode entrar com ação de indenização por danos morais. Ou seja, a titular, que chegou a ir na delegacia e confessou o que fez, pode ter que pagar uma indenização para a suposta amante. O marido será apenas uma testemunha”, finaliza.